Deus abençoa a todos

 

“Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.” (Mateus 5:45)

Às vezes escuto alguém comentar ou até questionar a fidelidade de Deus com os bons e os maus. Uma certa pessoa falou assim: “Puxa, mas aquela pessoa já prejudicou tanta gente e continua subindo na vida, Deus a abençoa ricamente, enquanto eu, que trabalho pra Ele, levo a Palavra, vivo numa roda viva financeira, passando por tantas dificuldades e aflições”. Querida, primeiro quero afirmar que Deus supre todas as necessidades dos justos, Ele não deixa faltar. Pode não dar aquilo exatamente que eles almejam, mas Deus é fiel para não deixar seus filhos perecerem. E também, que Deus dá para quem Ele quiser, porque acredite, até nisso Deus tem propósito. Amada, até mesmo aqueles que rejeitam a Deus recebem o sustento dEle: “Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos” (Mateus 5:45). Não há uma explicação racional, mesmo porquê, Deus surpreende o tempo todo. A nossa parte é continuar firme com Ele, orando, buscando e crendo de olhos fechados em Seu agir.

O que não devemos fazer em hipótese alguma é comparar. A gente sempre vai achar que um está sendo mais abençoado do que o outros. Se você focar materialmente, talvez esteja mesmo. Mas isso não tem importância. As coisas fúteis da vida não significam nada para Deus. Mas o espiritual sim. Pensar que o homem pode viver sem Deus é achar que um girassol pode viver sem luz ou uma rosa sem água. 

Você pode conhecer grandes empresários que conquistaram fortuna e não têm qualquer temor de Deus. Você pode conhecer pessoas pobres e que servem a Deus com alegria.
É dessa alegria que eu falo. Genuína, pura, livre, boa, aquela alegria que a gente não explica quando se tem Jesus. E a certeza de que jamais Ele nos abandona.

Por isso, não compare, apenas ore pela conversão daquela pessoa que ainda não caminha com o Senhor. Quantas pessoas são alcançadas pela graça de Deus e hoje, através de sua fama, conhecimento e riqueza, investem em missões, levam a Palavra, falam de Jesus para muitas pessoas. É isso que importa.

Se você tem Jesus, creia, você é a pessoa mais rica desse mundo.

A paz,

Roberta

 

Nada impedirá o Seu agir

“Ainda antes que houvesse dia, EU SOU; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?” Isaías 43:13

Queridas, vocês têm alguma dúvida de que Deus pode tudo, faz tudo, decide tudo com um simples sopro? Pois saibam que o nosso Deus é o autor e criador do céu e da terra e nada escapa de Suas mãos. Nem vocês, nem Eu, ninguém. Claro que se Ele nos deu vida, Ele nos direciona e nos supervisiona porque nos conhece intimamente. Cada pessoa foi gerada de forma diferente, com personalidade, temperamento, jeito absolutamente diferente. Por isso nosso DNA é único, até nisso Deus pensou!

Hoje a minha mensagem é para que vocês jamais subestimem o poder de Deus. Quando nos entregamos, temos a plena confiança desse Deus que só nos pede: Confie em Mim. Escute as Minhas Palavras. Siga o Meu manual. Aprenda Comigo. Ore. Persevere. Creia de todo o seu coração.

Por isso amadas, nunca deixem de acreditar Naquele que zela pelo nosso sono, que nos faz acordar logo pela manhã, que nos leva para casa depois do trabalho, que responde os nossos pedidos, que realiza sonhos. Deus continua sendo o mesmo, Ele concretiza projetos, Ele fala com você, Ele tem prazer em abençoar seus filhos.

A vida é uma benção, é milagre de Deus! Diante de tantas lutas e adversidades, continuamos aqui, participando e desfrutando da vida. Quando as coisas apertarem, clame ao Senhor e declare o versículo acima! Não é promessa minha, mas do nosso Deus bondoso, amoroso e autor de milagres! E se Ele age, nada e ninguém impedirá!

A paz,

Roberta

As misericórdias

“As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade”. (Lamentações 3.22-23)

As misericórdias de Deus são renovadas todas as manhãs. Deus cuida de nós diariamente, 24 horas. E nos socorre com misericórdia igualmente.  Ele mesmo fala em Sua Palavra: “Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” (Mateus 6.34). Queridas, todos os dias enfrentamos um leão para matar, uma situação difícil, uma decepção, algo que, em um momento de alegria, chega para nos derrubar. Mas creia, clamem pela misericórdia que Deus aliviará e dará renovo.  

Vocês se lembram do maná no deserto? Ele foi concedido um dia de cada vez! O povo que fugia do Egito não tinha armazenamento. Eles caminhavam e Deus se encarregava de suprir. É assim que nós devemos depender da misericórdia de Deus. Vocês nãos recebes hoje a força para suportarem os problemas de amanhã, mas os de hoje. Está difícil? Dobrem o joelho e clamem! “Senhor entre com a Sua misericórdia!”. Não se desesperem. Se somos injuriadas, roubadas, traídas, magoadas, passadas para trás, agredidas, Deus está vendo. E Ele mesmo entrará com a misericórdia e seremos prontamente atendidas e restauradas. Vejo isso todos os dias e acredito sim, que coisas ruins acontecem, mas as boas são ainda maiores. E se as ruins acontecem é para vermos em seguida a Glória de Deus se manifestar em nossas vidas.

E agora eu pergunto? Como estão as nossas misericórdias com as outras pessoas? Temos exercitado? Quando somos roubadas, assaltadas, agredidas, traídas, magoadas, somos capazes de perdoar e ainda clamar misericórdia para a vida daquela pessoa? Amadas, vocês sabiam que os misericordiosos no lugar da ira alcançarão misericórdia e serão bem-aventurados (Mateus 5:7).  Mais do que tolerar e aceitar as pessoas, precisamos amar, socorrer e perdoar com alegria. Difícil? Muito. Mas é possível. E isso alegra tanto o coração de Deus, que Ele restituirá e restaurará em dobro tudo o que perdemos. 

Apenas creia,

Uma semana em Cristo, Roberta

Uma família sadia

“Ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que eu não venha e fira a terra com maldição.” (Malaquias 4:6)

A família sempre esteve no coração de Deus, foi algo que Ele desejava e por isso criou Adão e Eva e seus descendentes. Creio que Deus idealizou uma família feliz, abençoada e que reconheceria o amor Dele em todas as coisas.

Infelizmente temos visto muitas famílias se desintegrando porque não temem a Deus e não buscam ajuda em Deus. Quando casamos e constituímos família, devemos deixar Jesus direcionar o nosso casamento, porque diferenças existem, mas com o Senhor, sobrevivemos a todas elas.

Deus não queria que as pessoas se destruíssem como vemos hoje em tantos lares. E uma das principais causas é a intolerância e a falta de humildade em reconhecer os nossos próprios erros e apenas apontar as falhas do outro. Temos que viver bem em família e dentro do padrão que Ele nos ensinou. Com paciência, renúncia e amor. Relacionamentos existem para serem felizes e bons. Não para discórdia e desunião. Mas sem Jesus Cristo é praticamente impossível viver bem.

Uma das coisas que tenho aprendido com a vida cristã é que podemos ter comunhão mesmo com as diferenças, porque foi Deus quem nos fez e criou. De nada adianta você questionar e brigar com um irmão dentro da sua casa porque ele não é cristão e depois ir culto orar com o coração ressentido. Lembre-se que Jesus não faria isto! Apenas ore e interceda para que um dia a graça de Deus alcance a vida desse irmão. Não permita que o seu coração inflame e tenha raiva ou impaciência. Você faz parte de uma família que Deus constituiu! E busque a boa convivência, não discuta, respeite o ponto de vista alheio. E continue a orar, apenas isso. E se um familiar não cristão pedir um consolo, uma ajuda, abrace a causa, dê o ombro e fale do amor de Deus que é incondicional.

Não há problema algum na diferença; o problema existe é na divisão! Não desperdice tempo brigando. Mudanças acontecem a partir de você.  Seja participativa, pacificadora, acolhedora, intercessora daqueles irmãos, pais e familiares que não conhecem o Evangelho.  Aprenda a conduzir uma conversa sem gritos, decida perdoar mesmo que o outro esteja errado, seja positiva e nunca negativa, beije seus pais, abrace seus irmãos. Priorize por uma família sadia! E tenha paciência porque Deus não despede seus filhos de mãos vazias. 

Concluo com um breve testemunho para vocês permanecerem na fé. O meu pai se converteu a Jesus apenas observando o meu testemunho. Não precisei gritar, nem forçar, nem impor, absolutamente nada. Um dia ele pensou: “Quero conhecer esse Jesus que a Roberta tanto fala com tanto amor”. Simples assim. E o Espírito Santo completou a obra! Por isso, vale a pena continuar orando.

Uma semana tranquila no amor de Cristo

Roberta

 Persevere, a honra virá!

“…E, se alguém me servir, o Pai o honrará” (João 12.26).

Vez ou outra ficamos sabendo de cristãos perseguidos e até mortos, de pessoas que abandonam suas crenças para seguirem a Jesus Cristo, outras ainda, que num momento difícil da vida, continuam a crer no Evangelho. São pessoas que vivem situações complicadas e que mesmo assim, continuam a caminhada com o Senhor. Creio que isso é um autêntico testemunho de fé, porque ir a igreja livremente, falar de Jesus a todos, andar com a Bíblia nas mãos, ir aos cultos tranquilamente, tudo isso é um privilégio. Como é bom ir aos domingos na igreja, louvar, cantar, emocionar-se e voltar reabastecida para a semana que se inicia, não é mesmo?

Mas e quando as adversidades chegam, quando as coisas não acontecem como imaginávamos, quando somos afrontados por pessoas não cristãs, quando somos ridicularizados por conta da nossa fé?

Quando eu e minha mãe nos convertemos verdadeiramente a Jesus, pessoas da minha convivência e família não aceitaram. Lembro-me da minha mãe chorosa em casa porque a minha avó materna não aceitava a filha “crente”. Minha mãe, por mais que explicasse a ela que continuaria do mesmo jeito, apenas buscando mais intimidade com Jesus e que aquilo iria apenas acrescentar e não criar problemas, não conseguia convencê-la do contrário. Foi necessário um tempo para a minha avó contemplar a mudança de postura em algumas atitudes da filha. Ela observou algo positivo e que tudo caminhava exatamente igual, tanto na nossa casa, como fora dela. Porém, tinha algo muito melhor que nem a minha avó conseguia explicar. E com o passar dos anos, minha avó nunca mais reclamou, ao contrário, comprou até um Bíblia evangélica. Achamos aquilo uma atitude maravilhosa, um sinal de “ok, eu aceito e quero entender um pouco da sua crença”. Mas sei, que em muitos outros lares, a compreensão não é dessa maneira. E também na roda de amigos, alguns se afastam. Eu vivi isso.

Se isso acontecesse com você, como seria a sua postura diante da sua família? Você a enfrentaria? A palavra afronta significa vergonha e humilhação e muitas pessoas, que deveriam ser honradas, estão, ultimamente, sendo afrontadas. Mas querida, é promessa de Deus, que se honrarmos a Ele, não devemos temer desonra. O Pai sempre honrará, pode passar o tempo que for. As pessoas vão te olhar e dizer: “Eu quero conhecer esse Jesus que você tanto fala e que um dia eu desprezei”.

Isso já aconteceu comigo, com a minha mãe. Fomos afrontadas, mas continuamos nossa caminhada com Jesus e hoje colhemos os frutos. Nada se compara ao agir de Deus na nossa vida, e principalmente, quando sentimos a força do Espirito Santo. Portanto, se existem rumores de que você é uma pessoa fanática em Jesus, crente, que é chata e obcecada pela religião cristã, Deus fará com que surja outro rumor, para que as pessoas enxerguem a sua vitória em Cristo. 

Persevere, caminhe para o alvo, sirva a Jesus, ignore os comentários, toque a sua vida plena e tranquila, crendo Naquele que faz tudo novo e alcança pessoas por quem você ora. Honre a Deus, a resposta virá com o tempo e te fará uma mulher imensamente feliz por entender e crer na mensagem da cruz.

 

A paz,

Roberta

 

Somos únicas

“Pois tu formaste o meu interior tu me teceste no seio de minha mãe.” Salmos 139:13

Você já viu uma fábrica de automóveis e de como eles são fabricados, com aquelas máquinas precisas e poderosas? Já observou como a tecnologia está cada vez mais de ponta, como tudo é feito de maneira perfeita e absolutamente igual? Pois então…os automóveis podem ser fabricados assim, que beleza! Mas e nós? Como foi e como é que Deus cria o ser humano?

Pois saiba que você não é um produto de uma linha de montagem, você foi planejada de forma amada, com seu próprio DNA, suas emoções, personalidade e sentimentos. Você é obra prima do criador. Um dia, Deus pensou em você e teve vontade de criá-la. Ele te deu pais, um ventre para ser gerado, e quis que você fosse do jeitinho que é. Com sua personalidade única. Diante dos olhos de Deus somos perfeitas e até os nossos pecados Ele perdoa, nos dá nova chance, sempre com os braços abertos e de forma amorosa e generosa. 

Minha querida, não deixe a baixa autoestima te alcançar. Você é muito preciosa e tem um propósito aqui na terra, não se engane. Você jamais viria ao mundo por acaso! Por isso, tenha a firme convicção que o Pai Celestial é quem te formou e te observa. Crie intimidade com esse Deus espetacular, bondoso, caloroso, afetivo, mestre, disciplinador, perdoador, professor, doutor, Salvador, Redentor, tudo ao mesmo tempo. Busque intimidade com Deus e deixe Ele consolar suas dores, fechar suas cicatrizes, alegrar os seus dias, direcionar seus caminhos, mostrar o propósito Dele para a sua vida. Confie, entregue-se. E agradeça desde já pelo cuidado Dele em planejar cada detalhe da sua vida.

Uma semana em Cristo! Roberta

 

Não temas!

“Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor.” Salmo 112.7

Eu, ultimamente, ando num ritmo de trabalho tão intenso que não consigo mais assistir televisão. Eventualmente assisto filmes na Netflix com o meu marido, mas ambos acabamos dormindo com muita facilidade porque estamos cansadíssimos. Além de acordarmos muito cedo. Mas enfim, tudo isso, para explicar que ando muito “por fora” das notícias do mundo, o que é um erro, afinal, temos que estar bem informadas, não é mesmo?

Porém, confesso que escuto tanta reclamação dos meios de comunicação que trazem tantas notícias horríveis, que sinto um certo alivio em não assistir. Todos os dias somos bombardeados por tragédias, violência, guerras. Nossa, quanta tristeza há neste mundo!

Mas também entendo que o cristão não deve desprezar as más notícias, mas continuar perseverando e crendo em dias melhores. Mas como? Orando, intercedendo, declarando sua fé em Deus e fazendo a sua parte. Sabemos que a vida cristã não é um mar de rosas como alguns até pregam: prosperidade, saúde, sucesso. Não! A vida cristã requer renúncia, dedicação, esforço e até sofrimento. Quando lemos as histórias de homens da Bíblia, muitos tiveram privações e lutas, mas venceram. Porque seguir a Cristo não é tarefa fácil, mas possível. 

A boa notícia é que a Palavra Dele promete que todo aquele que é fiel ganhará a recompensa na vida eterna e também nesta vida, que é a benção de ser amado, cuidado, disciplinado, sustentado por Ele. Somos perdoados todos os dias, somos guardados e temos livramentos diários, coisas que nem imaginamos. Além de tantas outras provas de amor não é mesmo?

Deus cuida de nós e da nossa descendência. Por isso não devemos nos abalar e desanimar com as notícias do mundo, mas continuar olhando para o alto e declarar: “Deus, o mundo não me atinge porque quem me protege é o Senhor que pode todas as coisas”. 

Querida, declare isso todos os dias e receba a benção do Senhor na sua vida. Se as notícias são boas ou ruins, não tema. Porque Ele é com você!

Fiquem com Deus

 
Roberta         

Tempo de se calar e tempo de falar

“(…) tempo de calar e tempo de falar” (Eclesiastes 3.7b).

Ouvir algo e querer responder ou opinar, mas permanecer calada, é difícil, não é mesmo? Mas, querida, há momentos que permanecer calada é fundamental. Deus determinou um tempo apropriado para que cada propósito aconteça (Eclesiastes 3.11). Inclusive para calar e falar. 

Em várias ocasiões da minha vida, calei a minha boca, mesmo sabendo que eu estava certa. O Espirito Santo falou ao meu coração: “Não fale nada”. Depois de um tempo, constatei que tinha sido a melhor estratégia. Porque palavras no momento errado, palavras soltas no calor do momento, podem causar um abismo muito grande, causar um estrago maior do que imaginamos. Enquanto que permanecer calada, nos traz paz, mansidão, boas respostas e no tempo certo. Para cada sentimento ou atividade há um momento ideal. Eu creio que se deixarmos nas mãos de Deus cada propósito acontece em um momento determinado pelo Pai. Se for tempo de calar: Silêncio. Se for tempo de falar: Faça com prudência e sabedoria.

Algumas vezes presencio pessoas que falam demais e depois reclamam. Quantas famílias se distanciam por causa de palavras ditas em um momento de ira? Quantos amigos podemos perder por causa de um comentário. E quantas vezes, pessoas nos procuram para um conselho e acabamos ofendendo, não encorajando, deixando a pessoa decepcionada. Se você não tem certeza, não fale. Se não sabe o que aconselhar, não fale. Nesses momentos temos que falar da parte do Espírito Santo, de acordo com a Palavra de Deus, caso contrário, permaneça quieta e primeiro busque sabedoria. Com fé, Ele nos concederá.

Para saber o que falar, é preciso ouvir a voz do Espirito Santo, Ele nunca erra, Ele disciplina, ensina, corrige, consola, orienta, direciona. Assim, ficamos aptas a dizer palavras que vão edificar, nunca derrubar. “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida” (Tiago 1.5). 

Que na semana tenhamos as palavras corretas para ajudar alguém. Que sejam palavras de edificação e nunca de desânimo. Deus orienta.

A paz,

Roberta

 

Vivendo Jesus

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5:22-23)

Dias atrás estava recordando o período da minha conversão. Quando escrevo “conversão”, não é necessariamente deixar a igreja católica para a evangélica, mas a conversão de abrir mão de alguns princípios do “mundo” para deixar-me direcionar pelo Espirito Santo. Foi um passo difícil, eu tinha 15 anos, vivíamos uma situação conflitante com a separação dos meus pais e um irmão com apenas 7 anos de idade. Tudo naquele período estava nebuloso. Mas graças a Deus a minha mãe foi a primeira a querer verdadeiramente Jesus e eu fui em seguida. Passaram-se tantos anos e eu sou eternamente grata pela obra que Jesus fez na minha vida, na nossa vida. Mas acredite, não foi nada fácil fazer essa opção, porque os frutos você colhe no futuro. 

Depois desse longo tempo aprendi que precisamos ter paciência e perseverança com as pessoas. Temos que exercer a nossa confiança em Deus e o nosso amor pelo próximo. Nem todos que nos cercam conhecem a Jesus. Alguns acham que conhecem, mas apenas de ouvir contar e falar. Outros, alegam que vão esperar mais um tempo, até caminhar com o Pai. E outros, ainda, nem querem ouvir falar de Jesus.

O Senhor me ensinou a perseverar e nunca parar de orar. Ele atende, Jesus jamais deixará um filho voltar de mãos vazias. Tenho a plena convicção de que Deus me revela que a igreja é Dele, não minha; que a obra da conversão é Dele e nada irá acontecer pela minha força; que o tempo é Dele e nada irá acontecer no meu tempo. E que até a minha vida é Dele, não minha. Eu sou um simples instrumento do amor do Pai.

Querida, você sabe qual é o nosso trabalho nesse processo? Não questionar a Jesus, não duvidar que Ele age. Devemos apenas confiar e esperar.  Mas acima de tudo, temos que ter paz, paciência, amabilidade, bondade, mansidão, domínio próprio, perseverança, calma, fé, amor incondicional.

Se Deus fez na minha vida e quem sabe na sua também, Ele é fiel para honrar a nossa oração pelos irmãos. Quando alguém me questiona sobre isso eu falo: “Caminhar com Jesus é a melhor coisa da vida. Por isso, quero tanto que você experimente desse grande amor. Apenas por isso.”

Desejo uma rica e tranquila semana em Cristo,

Roberta

Somos ovelhas Dele

“Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.” Isaías 53:6

Vocês sabiam que as ovelhas não  têm nada de espertas? Normalmente elas buscam os riachos por causa de água e assim a sua lã  molha e fica pesada, e elas se afogam. Incrível, mas as ovelhas não  têm senso de direção e por essa razão,  precisam de um pastor que as guie para águas tranquilas.

Nós, assim como as ovelhas, também precisamos do nosso pastor Jesus. É Ele quem cerca, direciona, ensina e protege para não  nos perdermos em águas turvas! Para não entrarmos numa “fria”,  para não erramos, para não colhermos consequências ruins no futuro. Porque o “amanhã” somente Deus conhece.

Jesus disse, “Eu sou o bom pastor; eu conheço minhas ovelhas e minhas ovelhas me conhecem – assim como o Pai me conhece, eu conheço o Pai – e eu dou minha vida pelas ovelhas.” João 10:14-Isso não é   maravilhoso? Jesus tem prazer de cuidar de seu rebanho, lado a lado, Ele sempre busca aquela ovelha que se afasta para ir ao riacho. Por isso  considere-se uma ovelhinha. E quando Ele falar ao seu coração,  “aí não!”, obedeça. Quando Ele falar: “Avante, continue!”, obedeça também. Vai valer a pena.

Uma semana firme no rebanho de Jesus!

Roberta