Tempo de se calar e tempo de falar

“(…) tempo de calar e tempo de falar” (Eclesiastes 3.7b).

Ouvir algo e querer responder ou opinar, mas permanecer calada, é difícil, não é mesmo? Mas, querida, há momentos que permanecer calada é fundamental. Deus determinou um tempo apropriado para que cada propósito aconteça (Eclesiastes 3.11). Inclusive para calar e falar. 

Em várias ocasiões da minha vida, calei a minha boca, mesmo sabendo que eu estava certa. O Espirito Santo falou ao meu coração: “Não fale nada”. Depois de um tempo, constatei que tinha sido a melhor estratégia. Porque palavras no momento errado, palavras soltas no calor do momento, podem causar um abismo muito grande, causar um estrago maior do que imaginamos. Enquanto que permanecer calada, nos traz paz, mansidão, boas respostas e no tempo certo. Para cada sentimento ou atividade há um momento ideal. Eu creio que se deixarmos nas mãos de Deus cada propósito acontece em um momento determinado pelo Pai. Se for tempo de calar: Silêncio. Se for tempo de falar: Faça com prudência e sabedoria.

Algumas vezes presencio pessoas que falam demais e depois reclamam. Quantas famílias se distanciam por causa de palavras ditas em um momento de ira? Quantos amigos podemos perder por causa de um comentário. E quantas vezes, pessoas nos procuram para um conselho e acabamos ofendendo, não encorajando, deixando a pessoa decepcionada. Se você não tem certeza, não fale. Se não sabe o que aconselhar, não fale. Nesses momentos temos que falar da parte do Espírito Santo, de acordo com a Palavra de Deus, caso contrário, permaneça quieta e primeiro busque sabedoria. Com fé, Ele nos concederá.

Para saber o que falar, é preciso ouvir a voz do Espirito Santo, Ele nunca erra, Ele disciplina, ensina, corrige, consola, orienta, direciona. Assim, ficamos aptas a dizer palavras que vão edificar, nunca derrubar. “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida” (Tiago 1.5). 

Que na semana tenhamos as palavras corretas para ajudar alguém. Que sejam palavras de edificação e nunca de desânimo. Deus orienta.

A paz,

Roberta

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *