Aprenda a escutar

Aprenda a escutar

“O Senhor é meu pastor nada me faltará, Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte não temerei mal algum, porque Tu estás comigo, o teu bordão e o teu cajado me consolam.” (Salmo 23. 1-2,4).

 

Você em algum momento da vida, com toda certeza já se tornou abandonada pela sorte. Somos pegas por um sentimento total de abandono da mão de Deus, como se chegássemos até Ele, e misteriosamente, Ele não nos ouvisse. E pior, não atendesse ao nosso clamor. Eu tenho certeza absoluta de que não há sentimento pior do que se ver esquecida por Deus. No mundo há milhões de cristãos que têm esse medo. Minha mãe costuma dizer que a vida bate tanto na gente, que num dado momento, qualquer um questiona: Deus, cadê você?

 

Amada, permita que eu te fale algo que irá ajudar a avivar a sua fé. Deus não tira cochilo. Ele não sai de férias. Deus não sai com os amigos e descuida da sua criação. Deus não recebe 13 salários e vai para a praia. Deus não cansa de você e resolve dar um tempo da sua lamuriarão. Deus não fala para os anjos descansarem e não te cuidarem. Deus não faz nada precipitadamente e nunca chega atrasado nos compromissos. Deus não é surdo, não é cego, não está na terceira idade, não usa bengala, não está esquecido. Você pode entender? Amada, Deus criou você, fez você no ventre da sua mãe, Ele está de olho na humanidade, Ele pode ver tudo o tempo todo. Não pense que o Senhor abriu mão de você! Sim, as coisas estão ruins, você não dá uma dentro, as portas estão lacradas, o céu fechado, as bênçãos retidas. É muito difícil enfrentar desafios e se sentindo sozinha. Mas você não está esquecida, eu te garanto. Mais cedo ou mais tarde, vai acontecer aquilo que tanto você quer.

 

Confesso não entender a logística de Deus. Não entendo nada do Seu tempo. Nada da forma que Ele conduz uma situação. Não entendo porque as bênçãos não chegam na hora que desejamos. A única coisa que tenho certeza é a de que Ele está a par de tudo. E isso me basta.

Uma vez escutei um testemunho que me edificou. Uma mulher contou que todos dias na madrugada orava por uma hora, clamando, pedindo, suplicando. E molhava o piso do chão, chorando. Ela deveria ter câimbra nas pernas porque ficava ajoelhada muito tempo, com o rosto no pó. E nada de respostas de Deus. Numa certa noite, depois que fez todo o seu ritual de oração e choro, levantou-se para deitar e ouviu uma voz que dizia: “você não me escuta, só fala”. Aquilo foi uma lição para ela. Deus puxou as suas orelhas e foi simples dizendo uma verdade que serve para nós também. Afinal, você lamuria e chora tanto, mas tem dado tempo para Deus se revelar?

 

Amada, comece a ficar no silencio e a escutar a voz do Espirito Santo. Ele fala na Palavra, nos louvores, na madrugada. Ele vai responder as suas dúvidas, o seu questionamento. E assim, fará o seu coração se acalmar. Tire um tempo para agradecer apenas. Diga a Deus que apesar de tudo, ainda assim, você sabe que Ele está trabalhando e os frutos você verá e se surpreenderá. Agradeça o milagre de estar viva. E continue a sua missão por aqui, fazendo o seu melhor. O resto é com Ele.

 

A paz, Roberta