Jesus adora nos surpreender!

“Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem buscas? Ela, cuidando que era o hortelão, disse-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei. Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, voltando-se, disse-lhe: Raboni, que quer dizer: Mestre.
Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.” (João 20: 15 a 17)

Eu gosto muito dessa passagem quando, pela ocasião da morte de Jesus Cristo, Maria Madalena foi ao sepulcro e levou suas especiarias aromáticas, ela queria estar lá com o seu Mestre, chorar a perda, consolar a mãe de Jesus que deveria estar lá, orar, ajoelhar-se diante da sepultura, mas a única coisa que ela fez foi dar um suspiro, uma exclamação. Porque a pedra em frente à sepultura havia sido retirada. E lá dentro estava tudo vazio. Alguém levou o corpo do seu mestre! Amada, imagine os pensamentos que passaram pela cabeça de Maria Madalena, o susto, a agonia de pensar que alguém havia roubado o corpo do Salvador e levado para qualquer outro lugar!

E eis que um homem vestido de branco aparece e pergunta: “Por que você está chorando?”  Calmamente, simplesmente, sem ventania, sem gritaria, sem nada, uma voz suave e calma chegou aos ouvidos daquela mulher que estava extasiada. Ela respondeu, e Jesus novamente perguntou: “Por que você está chorando?”. Maria Madalena julgava que aquele homem era um jardineiro, e só depois de alguns minutos ela realmente viu que se tratava do nosso Salvador. Imagine a alegria, misturada com susto, indignação, emoção, tudo junto!

Eu acredito que Jesus queria surpreendê-la, assim como Ele faz conosco. O filho de Deus poderia muito bem chegar de mansinho, apenas falar, ou apenas aparecer e permanecer mudo, quem sabe deixar algo escrito, ou qualquer outra coisa. Mas Ele quis fazer uma surpresa, Ele quis se revelar de forma que não deixasse qualquer dúvida. E assim Ele é conosco até hoje. Faz coisas sobrenaturais, coisas que sabemos…foi Deus.
Por isso amada, peça para o Senhor te surpreender com novidades e algo muito bom. Ele fará.

Uma semana abençoada em Cristo, Roberta

Há males que vem para o bem

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda” (João 15:1,2).

 

Você gosta de mudança na vida? Ou prefere a zona de conforto? Pois é, mas isso independe da nossa vontade, porque mudanças acontecem inesperadamente e, em algumas vezes, fogem do nosso controle completamente. Por exemplo; você está programando uma viagem, resolve fazer alguns exames médicos de rotina, e descobre um problema de saúde. E o médico diz: “Cancele tudo, você tem que se tratar”. De repente você está feliz, pronta para se casar com aquele que julga ser o grande amor da sua vida. E o amado diz: “Não quero mais casar, não estou pronto, melhor nos separarmos”. Ou então, você está vivendo um momento tão bom no emprego e sem qualquer explicação, é demitida. Pode acontecer? Sim, acontece todos os dias e com qualquer pessoa.

Amada, creia que, quando acontece algo que não entendemos e nos deixa tão arrasadas, devemos apenas confiar que o Senhor está trabalhando “nos bastidores” e nos preparando para algo melhor. No primeiro momento, sei que bate aquele desespero, mas se você, verdadeiramente caminha com Deus, aprenda a descansar. Há situações que não podemos resolver, não temos para onde correr. Não coloque um ponto de interrogação, apenas olhe para frente e siga o seu caminho. Quando você atingir a meta de Deus, certamente entenderá os propósitos do Pai. Não comece a pensar que você é uma derrotada, sem sorte para nada na vida, etc., etc. Quem sabe Deus está te dando um grande livramento, pode estar preparando um emprego melhor, permitindo essa doença para você se aquietar e se cuidar para não ter algo pior lá na frente. Quem sabe esse homem que você tanto deseja iria te fazer infeliz.

Se você confia cegamente em Deus, espere por Suas promessas. Você está naquele processo em que o agricultor chama de “poda”. Porque assim dará mais frutos. Deus está removendo coisas negativas da sua vida para que a colheita seja perfeita, boa, agradável, grande, saborosa, maravilhosa.

Apenas confie, se você tem promessa de Deus, e a Bíblia está recheada delas, aprenda a passar pelo processo. Nem sempre é bom, mas necessário. Depois você vai cantar o hino da vitória. E pensará: “Sim, valeu a pena passar por tudo aquilo, Deus sabe o que faz, o que tira, o que dá”.

A paz, Roberta

 

Seja humilde de coração

Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos;” Romanos 12:16

Querida, sabe a característica de uma pessoa que mais me edifica? A humildade. Eu admiro a pessoa, que mesmo tendo alcançado o patamar mais alto, mantém seu coração exatamente igual de quando ela não tinha nada, nem fama, nem conquistas, nem reconhecimento. Eu me decepciono com pessoas que ao conquistarem algo desfazem dos amigos, familiares, de sua cultura e tradição, alguns negam o próprio berço. Como é triste tudo isso. 

E também fico indignada com pessoas que querem muito e não possuem critérios para conseguir a meta. Ha pessoas que passam por cima da própria dignidade para seus objetivos. Que tremendo erro! E acredito que, quando desejamos coisas altas demais e ficamos desesperados para consegui-las, certamente corremos o risco de não alcançá-las e depois sofrer com o sentimento de incapacidade e frustração.

Você sabe o que Deus recomenda na Sua Palavra? Que deixemos de ir atrás de glória e reconhecimento, mas que estejamos satisfeitos com as coisas humildes. Sim! Tudo, absolutamente tudo que você tem e conquistou de forma digna, Deus achou conveniente te dar. E para que o Seu nome seja glorificado. Jamais pense que você conquistou sozinha.

Precisamos estar satisfeitas com o que possuímos e continuar trabalhando e agindo de forma correta. Não devemos olhar se a grama do vizinho é mais verde! Devemos nos contentar com o que Jesus nos abençoa dia a dia e pedir estratégias e ideias para crescermos profissionalmente e financeiramente. Aí sim, eu creio, Ele nos abençoará com muito mais que sonhamos ter!

Não peça dinheiro e posição, mas peça bons projetos, ideias inovadoras, força para trabalhar, inteligência para vencer, armas para guerrear e principalmente, a direção do Espirito Santo para qualquer trabalho que você se propõe a fazer. Aprenda sempre, que tudo conquistado de forma errada, você não manterá. Mas o que for feito mediante a Palavra de Deus, você terá uma vitória inesperada e surpreendente.

Precisamos aprender a não buscar a glória para o nosso “eu”. O Senhor deve crescer diariamente na nossa vida. Assim, evitaremos ganância e soberba.

A paz,

Roberta

Carregue a cruz

“Então ele chamou a multidão e os discípulos e disse: ‘Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me'”. (Marcos 8:34)

Sempre escuto as pessoas comentarem “eu tenho uma cruz para carregar, ou até, “a minha cruz é fulano ou ciclano”, ou “todos nós temos cruzes para carregar”. Eu, pessoalmente, não gosto de falar isso, porque a mensagem da cruz é algo tão importante que relacionar a cruz a alguém parece um sacrifício sobrenatural suportá-la. E na verdade, devemos exercer a tolerância até com quem dá trabalho, muitas vezes nos ofende ou é de difícil convivência.

 

Creio que ao dizer isso, nós perdemos o real significado da cruz. Eu estava lendo sobre a mensagem da cruz e entendi que toda pessoa que em Jerusalém (na época de Jesus), que carregava uma cruz na rua, estaria impreterivelmente cercado por guardas romanos, e todo mundo saberia para onde aquela pessoa estava indo: para fora da cidade e onde seria crucificada. Que tristeza não é mesmo? Já não bastasse toda dor, sofrimento e humilhação, aquela pessoa sabia que ia morrer.

 

Em uma analogia com a nossa vida cristã, Jesus diz no versículo acima, que tomar a própria cruz e segui-Lo é uma atitude de muita fé e obediência a Deus É morrer para nós mesmos e fazer a vontade Dele mais do que a nossa própria vontade. Claro que não significa que nossa vida será apenas de infortúnios, tristeza e dor. Mas que haverá momentos na trajetória que teremos que abdicar, renunciar e continuar com Cristo, custe o que custar porque Ele tem um final melhor, mesmo que a gente, no momento, não entenda.


Amada, você tomou a cruz e segue Jesus? Saiba que há um preço a pagar por isso e certamente, muitas coisas na sua vida, você terá que abrir mão porque Jesus é perfeito. Mas se você obedecer, garanto que a sua vida será abençoada e alegrará o coração do Senhor.

 

Viva a vontade Dele, que é boa, perfeita e agradável. Carregue a cruz e saiba que valerá a pena.

 

Uma semana em Cristo,

Roberta

Ele vive!

Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?”
João 11:25-26

Creio que a Páscoa é a data mais importante do cristianismo. Nós, cristãos, sabemos que a morte de Jesus tornou-se a maior prova do amor de Deus – por mim e por você. Naquela sexta-feira o inimigo comemorou o sofrimento do Filho de Deus, mas por muito pouco tempo. O mal foi destruído para a Glória de Deus e Jesus ressuscitou para o bem da humanidade! Sim, há esperança para a humanidade! Existe salvação e vida eterna com o Senhor Jesus!
Quando olho para uma cruz, sinto-me por segundos triste ao lembrar da tortura feita ao nosso Rei dos Reis, porém, o Espirito Santo me faz lembrar: “Roberta, não chore, mas comemore, Ele vive! A cruz está vazia! “. E assim, alegro-me na esperança de que, um dia, estaremos todos reunidos com Ele.
A ressureição de Jesus está acima dos ovos de chocolate, desta data que se tornou tão comercial! Cristo morreu para que todos os nossos pecados fossem perdoados. E a melhor notícia neste domingo de Páscoa, certamente não são os ovos enormes e recheados que podemos saborear, mas a plena certeza de que Jesus vive e intercede por nós!
Comemore a Páscoa! Comemore a ressureição! Ele vive, Ele é o Salvador, Leão da Tribo de Judá, Príncipe da Paz, o Filho do Homem, o Princípio e o Fim, Autor e Consumador da fé, nosso Jesus amado, nosso Senhor, nosso maior amigo, nosso Pai Celestial!
Lembre-se amada que há mais de dois mil anos, um homem veio ao mundo com uma missão maravilhosa: ser exemplo de amor e bondade ao próximo e de alertar que a vida não acaba por aqui! Ele pregou a vida eterna para todos! Aquele que O reconhece como o único filho de Deus, um dia estará com Ele.
Feliz Páscoa! E que Jesus renasça todos os dias no meu e no seu coração!
Roberta

Dê o seu melhor a Deus

“Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos. E a casa encheu-se com a fragrância do perfume.” (João 12:3)

 

Eu gosto muito dessa passagem bíblica, quando Jesus era hóspede na casa de Lázaro e foi recebido pelas irmãs Maria e Marta. Foi em um momento em que Jesus, sentado à mesa, Maria pegou um frasco de perfume caro, quebrou, ungiu os pés de Jesus e depois os enxugou com os seus cabelos. O cheiro do perfume encheu a sala. Eu consigo ver a cena quando fecho os olhos e ela me emociona.

Maria deu a Jesus algo que lhe era valioso e precioso, seu amor por Ele era tão grande que foi uma forma de expressar sua gratidão e reverência, e acima de tudo, seu compromisso. Maria não se importou em quebrar o frasco, ela o fez, oferecendo sua adoração de forma singela e preciosa.

Isso me fez pensar na real importância da adoração a Deus. Será que estamos adorando o suficiente? Será que estamos dando sobras? Temos que adorá-Lo em espirito e verdade, tirar um tempo do dia e ficar em adoração. E o melhor requer absolutamente tudo que fazemos. A adoração está nos louvores, nas palavras, mas também no dia a dia, na forma que estamos tratando o próximo, no jeito que trabalhamos, que servimos a Jesus.

Vamos dar o melhor em adoração? Inspire-se em Maria e se o que você tem de melhor é o seu louvor, cante. Se é o jeito respeitoso de tratar seus funcionários, faça. Se é dizer palavras de carinho aos pais, verbalize. Se é perdoar alguém que te magoou, perdoe. E que tudo seja para a honra e glória Dele. Amém?

 

Uma semana de vitória e adoração a todas!

Roberta

O toque de Jesus

“Senhor, se quiseres, podes purificar-me!”. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: ‘Quero. Seja purificado!’ Imediatamente ele foi purificado da lepra.” (Mateus 8: 2 e 3)

Quando leio essa passagem, penso naquele leproso que desejou ardentemente a cura de Jesus. Bastou um toque, simples, rápido, leve do Senhor. E a lepra sumiu. Acredito que todos queriam um toque de Jesus, e Ele tocou em muitos, mas o leproso, certamente, foi o mais marcante. Naquela época, e segundo o Novo Testamento, a lepra era a enfermidade mais temida, o leproso era separado, esquecido, morria sozinho, longe da cidade, abandonado pelos familiares. Ele era totalmente discriminado e ninguém queria se aproximar! Mas e hoje? Como tratamos as pessoas que fazem parte de uma minoria? Como lidamos com o preconceito, como ajudamos aqueles que são esquecidos e segregados na sociedade, como expressamos amor e generosidade com aqueles que normalmente são “apontados”? Jesus nunca teve preconceito ou fez discriminação. Ele abraçou a todos, Ele se compadeceu de todos, Ele amou a todos. Meu desejo é que eu e você possamos refletir sobre isso. Amar os “diferentes”, os “colocados de escanteio pela sociedade”. Afinal, todo julgamento final é de Deus, que saberá como agir. O nosso papel é invocar o Espírito Santo e estar com o coração aberto para abençoar e ajudar.

Que o Senhor cuide da nossa semana!

A paz, Roberta

Vamos deixar o Pai escolher?  

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.”  (Efésios 3:20) 

Na semana escutei uma pregação valiosa sobre as nossas escolhas e as escolhas de Deus. Porque nem sempre elas alinham. Normalmente não. A gente quer uma coisa e Deus quer outra. E a gente não gosta de ser contrariada e fica chateada, questionando: “Deus eu pedi uma coisa e você vem com isso?”. Sabe como se comporta uma criança mimada? Então… a gente parece uma criancinha brava. 

 Eu interpreto assim: é a mesma coisa de um pai levar o filho numa loja para escolher o presente de aniversário, achando que o filho vai escolher uma novidade cara. Mas o filho escolhe uma bola de futebol comum e deixa o pai frustrado, porque na verdade, ele próprio queria algo mais relevante para comemorar a data. E aí, o pai diz à criança. “Eu tenho algo melhor para te dar, deixa eu mesmo escolher”.  E certamente a escolha do pai será melhor e assertiva.  

Como você pede coisas ao Pai Celestial? Você impõe a sua vontade ou deixa Ele fazer do jeito Dele? Pois então deixe eu dar uma dica valiosa. Quando queremos muito algo, é importante pedir a Deus, sem dúvida alguma. Mas no final da sua oração, acrescente “Esta é a maneira que eu gostaria, mas que seja feita a Tua vontade e não a minha”. 

Considere isso nas suas petições. Já fiz pedidos que Deus não me atendeu naquele momento, porém, passado um tempo, Ele me surpreendeu com algo melhor. Acredite, o Pai deve escolher por você, e aí sim, a benção será grandiosa. 

 A paz, 

Roberta 

Deus pode mudar tudo

“E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; e sua mãe deu-lhe o nome de Jabez, dizendo: Porquanto com dores o dei à luz”. 1 Crônicas 4:9

Querida, você já deve ter escutado sobre a oração de Jabez. Que Deus ouviu a oração e respondeu prontamente. Você sabe quem era ele? Vou contar. A Bíblia dá poucos detalhes, mas o que relata é importante. Sua mãe teve muita dificuldade para dar luz, ao ponto de lhe dar o nome de Jabez, que significa “Ele dá sofrimento”. Já imaginou carregar esse nome pelo resto da vida?

Porém, Jabez tinha fé e intimidade com Deus. E invocou o Deus de Israel, dizendo: “Ó Deus, abençoa-me e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que tinha pedido”. (I Crônicas 4:10).

 

Amada, Jabez foi o homem mais respeitável da sua família, um homem com exemplo a ser seguido, que orou com fé, não olhou para as lamurias da vida, não reclamou do significado do seu nome, não se deixou abater, apena teve fé.

Escrevo isso para dizer que o Senhor dos Exércitos muda qualquer coisa. Muda situações, tira você da desonra e te coloca num pedestal, te engradece, tira você da humilhação. A receita? Peça, clame, confie, espere. Deus agirá a seu favor. Faça a oração de Jabez, o mesmo Deus que mudou a sorte daquele homem é o mesmo que fará na sua vida.

Deus transforma pranto em alegria. Que tal  enxugar essas lágrimas e dar um glória a Deus?

A paz,

Roberta

Prefira a paz

“Melhor é um pedaço de pão seco com paz e tranquilidade do que uma casa onde há banquetes, e muitas brigas” (Provérbios 17:1)

Nada nessa vida tem mais importância do que paz de espírito. A paz sempre acrescenta fé, nos dá segurança, e em meio a atribulações acalma ânimos e corações. Eu pude viver isso recentemente com o falecimento do meu pai, que se não fosse a paz que ele se encontrava no final da vida, e a paz que o Espírito Santo colocou no meu coração, eu teria me desesperado. Mas, querida, é algo tão sobrenatural o que Deus faz em nossa vida quando cremos Nele, que nada nesse mundo, nem riqueza, nem dinheiro, nem pessoas, podem substituir.

No versículo acima, a sabedoria de Deus prevalece como sempre. Ele fala da importância de termos paz e de sermos pacificadores. Ele diz que é melhor termos pouco em nosso lar do que termos muito e habitarmos numa casa com brigas entre pais e filhos. Tem coisa pior do que uma casa sempre em desavença, com uma sensação de negatividade, com pessoas reclamando o tempo todo?

Tenha esse versículo na sua mente. Busque a paz na alegria, busque a paz na tristeza, mas que ela prevaleça em toda e qualquer situação. Momentos difíceis chegam, mas não permanecem quando nosso coração está descansado em Jesus. Eu vivi isso, pedi a Deus paz e consolo naqueles meses difíceis. E Ele me atendeu. Amada, a paz que Jesus nos proporciona é maravilhosa.

Fique com Deus,
Roberta