Somos únicas

“Pois tu formaste o meu interior tu me teceste no seio de minha mãe.” Salmos 139:13

Você já viu uma fábrica de automóveis e de como eles são fabricados, com aquelas máquinas precisas e poderosas? Já observou como a tecnologia está cada vez mais de ponta, como tudo é feito de maneira perfeita e absolutamente igual? Pois então…os automóveis podem ser fabricados assim, que beleza! Mas e nós? Como foi e como é que Deus cria o ser humano?

Pois saiba que você não é um produto de uma linha de montagem, você foi planejada de forma amada, com seu próprio DNA, suas emoções, personalidade e sentimentos. Você é obra prima do criador. Um dia, Deus pensou em você e teve vontade de criá-la. Ele te deu pais, um ventre para ser gerado, e quis que você fosse do jeitinho que é. Com sua personalidade única. Diante dos olhos de Deus somos perfeitas e até os nossos pecados Ele perdoa, nos dá nova chance, sempre com os braços abertos e de forma amorosa e generosa. 

Minha querida, não deixe a baixa autoestima te alcançar. Você é muito preciosa e tem um propósito aqui na terra, não se engane. Você jamais viria ao mundo por acaso! Por isso, tenha a firme convicção que o Pai Celestial é quem te formou e te observa. Crie intimidade com esse Deus espetacular, bondoso, caloroso, afetivo, mestre, disciplinador, perdoador, professor, doutor, Salvador, Redentor, tudo ao mesmo tempo. Busque intimidade com Deus e deixe Ele consolar suas dores, fechar suas cicatrizes, alegrar os seus dias, direcionar seus caminhos, mostrar o propósito Dele para a sua vida. Confie, entregue-se. E agradeça desde já pelo cuidado Dele em planejar cada detalhe da sua vida.

Uma semana em Cristo! Roberta

 

Não temas!

“Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor.” Salmo 112.7

Eu, ultimamente, ando num ritmo de trabalho tão intenso que não consigo mais assistir televisão. Eventualmente assisto filmes na Netflix com o meu marido, mas ambos acabamos dormindo com muita facilidade porque estamos cansadíssimos. Além de acordarmos muito cedo. Mas enfim, tudo isso, para explicar que ando muito “por fora” das notícias do mundo, o que é um erro, afinal, temos que estar bem informadas, não é mesmo?

Porém, confesso que escuto tanta reclamação dos meios de comunicação que trazem tantas notícias horríveis, que sinto um certo alivio em não assistir. Todos os dias somos bombardeados por tragédias, violência, guerras. Nossa, quanta tristeza há neste mundo!

Mas também entendo que o cristão não deve desprezar as más notícias, mas continuar perseverando e crendo em dias melhores. Mas como? Orando, intercedendo, declarando sua fé em Deus e fazendo a sua parte. Sabemos que a vida cristã não é um mar de rosas como alguns até pregam: prosperidade, saúde, sucesso. Não! A vida cristã requer renúncia, dedicação, esforço e até sofrimento. Quando lemos as histórias de homens da Bíblia, muitos tiveram privações e lutas, mas venceram. Porque seguir a Cristo não é tarefa fácil, mas possível. 

A boa notícia é que a Palavra Dele promete que todo aquele que é fiel ganhará a recompensa na vida eterna e também nesta vida, que é a benção de ser amado, cuidado, disciplinado, sustentado por Ele. Somos perdoados todos os dias, somos guardados e temos livramentos diários, coisas que nem imaginamos. Além de tantas outras provas de amor não é mesmo?

Deus cuida de nós e da nossa descendência. Por isso não devemos nos abalar e desanimar com as notícias do mundo, mas continuar olhando para o alto e declarar: “Deus, o mundo não me atinge porque quem me protege é o Senhor que pode todas as coisas”. 

Querida, declare isso todos os dias e receba a benção do Senhor na sua vida. Se as notícias são boas ou ruins, não tema. Porque Ele é com você!

Fiquem com Deus

 
Roberta         

Tempo de se calar e tempo de falar

“(…) tempo de calar e tempo de falar” (Eclesiastes 3.7b).

Ouvir algo e querer responder ou opinar, mas permanecer calada, é difícil, não é mesmo? Mas, querida, há momentos que permanecer calada é fundamental. Deus determinou um tempo apropriado para que cada propósito aconteça (Eclesiastes 3.11). Inclusive para calar e falar. 

Em várias ocasiões da minha vida, calei a minha boca, mesmo sabendo que eu estava certa. O Espirito Santo falou ao meu coração: “Não fale nada”. Depois de um tempo, constatei que tinha sido a melhor estratégia. Porque palavras no momento errado, palavras soltas no calor do momento, podem causar um abismo muito grande, causar um estrago maior do que imaginamos. Enquanto que permanecer calada, nos traz paz, mansidão, boas respostas e no tempo certo. Para cada sentimento ou atividade há um momento ideal. Eu creio que se deixarmos nas mãos de Deus cada propósito acontece em um momento determinado pelo Pai. Se for tempo de calar: Silêncio. Se for tempo de falar: Faça com prudência e sabedoria.

Algumas vezes presencio pessoas que falam demais e depois reclamam. Quantas famílias se distanciam por causa de palavras ditas em um momento de ira? Quantos amigos podemos perder por causa de um comentário. E quantas vezes, pessoas nos procuram para um conselho e acabamos ofendendo, não encorajando, deixando a pessoa decepcionada. Se você não tem certeza, não fale. Se não sabe o que aconselhar, não fale. Nesses momentos temos que falar da parte do Espírito Santo, de acordo com a Palavra de Deus, caso contrário, permaneça quieta e primeiro busque sabedoria. Com fé, Ele nos concederá.

Para saber o que falar, é preciso ouvir a voz do Espirito Santo, Ele nunca erra, Ele disciplina, ensina, corrige, consola, orienta, direciona. Assim, ficamos aptas a dizer palavras que vão edificar, nunca derrubar. “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida” (Tiago 1.5). 

Que na semana tenhamos as palavras corretas para ajudar alguém. Que sejam palavras de edificação e nunca de desânimo. Deus orienta.

A paz,

Roberta

 

Vivendo Jesus

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5:22-23)

Dias atrás estava recordando o período da minha conversão. Quando escrevo “conversão”, não é necessariamente deixar a igreja católica para a evangélica, mas a conversão de abrir mão de alguns princípios do “mundo” para deixar-me direcionar pelo Espirito Santo. Foi um passo difícil, eu tinha 15 anos, vivíamos uma situação conflitante com a separação dos meus pais e um irmão com apenas 7 anos de idade. Tudo naquele período estava nebuloso. Mas graças a Deus a minha mãe foi a primeira a querer verdadeiramente Jesus e eu fui em seguida. Passaram-se tantos anos e eu sou eternamente grata pela obra que Jesus fez na minha vida, na nossa vida. Mas acredite, não foi nada fácil fazer essa opção, porque os frutos você colhe no futuro. 

Depois desse longo tempo aprendi que precisamos ter paciência e perseverança com as pessoas. Temos que exercer a nossa confiança em Deus e o nosso amor pelo próximo. Nem todos que nos cercam conhecem a Jesus. Alguns acham que conhecem, mas apenas de ouvir contar e falar. Outros, alegam que vão esperar mais um tempo, até caminhar com o Pai. E outros, ainda, nem querem ouvir falar de Jesus.

O Senhor me ensinou a perseverar e nunca parar de orar. Ele atende, Jesus jamais deixará um filho voltar de mãos vazias. Tenho a plena convicção de que Deus me revela que a igreja é Dele, não minha; que a obra da conversão é Dele e nada irá acontecer pela minha força; que o tempo é Dele e nada irá acontecer no meu tempo. E que até a minha vida é Dele, não minha. Eu sou um simples instrumento do amor do Pai.

Querida, você sabe qual é o nosso trabalho nesse processo? Não questionar a Jesus, não duvidar que Ele age. Devemos apenas confiar e esperar.  Mas acima de tudo, temos que ter paz, paciência, amabilidade, bondade, mansidão, domínio próprio, perseverança, calma, fé, amor incondicional.

Se Deus fez na minha vida e quem sabe na sua também, Ele é fiel para honrar a nossa oração pelos irmãos. Quando alguém me questiona sobre isso eu falo: “Caminhar com Jesus é a melhor coisa da vida. Por isso, quero tanto que você experimente desse grande amor. Apenas por isso.”

Desejo uma rica e tranquila semana em Cristo,

Roberta

Somos ovelhas Dele

“Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.” Isaías 53:6

Vocês sabiam que as ovelhas não  têm nada de espertas? Normalmente elas buscam os riachos por causa de água e assim a sua lã  molha e fica pesada, e elas se afogam. Incrível, mas as ovelhas não  têm senso de direção e por essa razão,  precisam de um pastor que as guie para águas tranquilas.

Nós, assim como as ovelhas, também precisamos do nosso pastor Jesus. É Ele quem cerca, direciona, ensina e protege para não  nos perdermos em águas turvas! Para não entrarmos numa “fria”,  para não erramos, para não colhermos consequências ruins no futuro. Porque o “amanhã” somente Deus conhece.

Jesus disse, “Eu sou o bom pastor; eu conheço minhas ovelhas e minhas ovelhas me conhecem – assim como o Pai me conhece, eu conheço o Pai – e eu dou minha vida pelas ovelhas.” João 10:14-Isso não é   maravilhoso? Jesus tem prazer de cuidar de seu rebanho, lado a lado, Ele sempre busca aquela ovelha que se afasta para ir ao riacho. Por isso  considere-se uma ovelhinha. E quando Ele falar ao seu coração,  “aí não!”, obedeça. Quando Ele falar: “Avante, continue!”, obedeça também. Vai valer a pena.

Uma semana firme no rebanho de Jesus!

Roberta

Vida longa

“Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação.” (Salmo 91.16)

A promessa de Deus no Salmo 91 é esta! Que promessa maravilhosa o Pai nos concede, simplesmente porque nos ama. Ele não diz: “Eu poderia ou talvez faça, mas afirma categoricamente que nos dará longevidade. Querida, isso é muito bonito. Porque Jesus também tem prazer de nos dar vida em abundância, de nos prosperar, nos dar alegria. O plano Dele continua o mesmo, nós é que acabamos colocando tudo a perder pela incredulidade, pela falta de paciência, por querer dar “um jeitinho pra Deus”;

Alguns pensam que trata-se de uma promessa da Antiga Aliança, do Velho Testamento, mas não se engane, ela também está no Novo Testamento, em Efésios 6: 1-3. “! Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.
Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra”. Paulo ressalta aqui, aos Efésios, sobre o primeiro mandamento com promessa, que é honrar pai e mãe. E a promessa é para que tudo se vá bem e tenha uma vida longa. Não é maravilhoso?

Até porquê, honrar pai e mãe é digno, justo e certamente atrairá bênçãos. Um dia somos pais, em outros dias, somos filhos. De qualquer forma, as duas situações provavelmente vão acontecer na sua vida. Um dia você cuidará daqueles que cuidaram a vida toda de você. Em outra época você ninou, acalentou, alimentou, instruiu, deu amor, atenção, cuidados em geral. Você foi mãe. Agora é a vez deles serem cuidados, não é mesmo? 

E o mais bonito é que outros textos confirmam a promessa de Deus: “Porque por mim se multiplicam os teus dias, e anos de vida se te acrescentarão.” (Provérbios 9.11). “Andareis em todo o caminho que vos manda o Senhor, nosso Deus, para que vivais, bem vos suceda, e prolonguei aos dias na terra que haveis de possuir.” (Deuteronômio 5. 33). “Não sejais demasiadamente perversos, nem sejas louco, porque morrerias fora do teu tempo? (Eclesiastes 7.17)

Creio que Deus nos faz essa promessa para que verdadeiramente cuidemos dos nossos pais no futuro, dando amor, com paciência e dedicação. E não ressalto isso apenas quando nossos pais ficarem velhinhos, mas durante todo o tempo e em todo lugar. Jesus se agrada desse amor incondicional que ele recebeu de Maria e José. Quando Jesus desaparecia, os pais ficavam preocupados, cuidavam dele, amavam o filho. E creio que o mesmo acontecia da parte de Jesus com seus pais aqui na terra.

Ter longevidade é maravilhoso, porque dá a oportunidade de estarmos presentes com os pais e familiares de geração em geração. E quando Deus fala de longevidade ele acrescenta o fator saúde. Sim, vida longa, mas saudável, não em cima de uma cama. Vida longa para ser desfrutada na íntegra, de forma boa e abençoada.

Declare a Deus que você aceita as Suas palavras e que vai guardá-las todos os dias para receber essa promessa maravilhosa: vida boa e longa! Viva em comunhão com Deus, obedeça a Ele, desfrute do que Ele tem para você e viva anos, crendo Neste Deus maravilhoso. Oh

Glória a Deus! 

Um beijo, Roberta

Nosso maior tesouro

“Porque nada trouxemos para este mundo, e nada podemos daqui levar” (1Tm 6.7).

Estava refletindo sobre o fato de trabalharmos tanto, acumularmos tanto, nos estressarmos tanto. Conheço pessoas que podem se dar ao luxo de viverem tranquilamente pelo resto da vida e continuam angustiadas, ansiosas, gananciosas e estressadas. Pergunto-me: Qual a razão? Afinal, a vida passa, as coisas ficam e a saúde pode ir embora. E Jesus, onde Ele entra na vida de pessoas assim? Será que estão muito cansados para busca-Lo? Ou irão busca-Lo apenas na hora da dor, do final, da velhice, do desamparo, da solidão?

Certamente, precisamos de muitas coisas para atender às nossas necessidades, precisamos trabalhar, precisamos ter um horizonte, nem todo mundo nasce milionário. Mas queridas, nosso maior tesouro não está nas coisas do mundo, mas em Deus. Ele diz que se O buscarmos de todo o nosso coração, Ele cuidará de nós, e seguramente, cuidará da nossa família.

Escutei uma pregação certa vez, onde o pastor foi muito enfático. Ele ressaltou uma verdade que nos esquecemos. Se temos, Deus permitiu que tivéssemos. Se conseguimos trabalhar e comprar, Deus permitiu também. A casa onde você mora não é sua, mas é Dele.  Tudo por aqui é do Senhor! Já testemunhei pessoas que se enriqueceram e abandonaram a vida com Deus. O mundo, para essas pessoas, agora é outro, os prazeres são outros, o foco é ter cada vez mais. Quanta ingenuidade! Deus dá, Deus tira na mesma proporção. 

Por que acumular tanto e sofrer tanto por isso, com medo de perder bens, de perder uma concorrência, de não ter o carro do ano ou a casa naquele condomínio elegante? Qual o valor disso? 

Minha querida, sejamos gratas o tempo todo. Aquilo que você vê na sua casa pertence ao Senhor. O celeiro é abastecido porque Deus te deu saúde para trabalhar e conquistar. Seja responsável por tudo que você tem, seja responsável pelo seu corpo, pela sua família. Deus nos deu e enquanto estamos por aqui é nosso dever cuidar, ter responsabilidade e zelo.

Nunca se esqueça desse versículo que está em Salmo 24: 1 e que diz: “Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e os que nele habitam.”. Por aqui somos passageiros. Nascemos, morremos e vamos para a glória. Mas enquanto estamos aqui, tenha cumplicidade e intimidade diária com Jesus. Esse é o seu maior tesouro na terra.

Uma semana abençoada em Cristo,

Roberta

Paz e tolerância

A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira. 
Provérbios 15:1

 

Você sabe como é rompido o círculo da raiva e do ódio? Com uma palavra pequena que gera um efeito enorme. Paz. Sim, toda atitude raivosa quando não encontra lugar para se instalar, acaba morrendo sozinha. Vou contar uma historinha que talvez cada uma de nós já presenciou ou até foi protagonista.

Um grande empresário todo poderoso gritou com um diretor da sua empresa porque estava com ódio naquele momento de uma situação que havia vivido horas antes. O diretor, que não tinha nada a ver com o problema do chefão, chegando em casa gritou com sua esposa, acusando-a de que estava gastando demais porque havia um almoço farto à mesa. A esposa, muito nervosa e ofendida, gritou com a empregada que acabou chorando na cozinha. Esta, por sua vez, muito irada com a atitude da patroa, gritou com o cachorrinho no qual tropeçara.

O cachorrinho saiu correndo e começou a latir insistentemente para os transeuntes da rua que acabavam esbravejando com ele. Essas mesmas pessoas chegaram em casa irritadas e brigaram com os filhos e familiares.

Que em seguida discutiram com os amigos. Pronto! A raiva faz isso, ela vai sendo disseminada e entrando nos lares, nos escritórios, em todos os lugares que você passar.

Mas, quando um homem que passava pela calçada e também irritou-se com o latido do cão chegou em casa batendo a porta e xingando o animal, sua mãe, uma mulher de oração e muito tolerante, afagou-lhe os cabelos, beijou-o na testa e disse: “Filho amado, deixe essa raiva lá fora, aqui você encontrará conforto e paz. Preparei um jantar delicioso para você, aquela carne ensopada com batatas que você tanto ama. Tome um banho, venha se alimentar, amanhã será outro dia preparado por Deus”. Que sabedoria! Rompeu-se o círculo da raiva. O filho abaixou a cabeça, ficou quieto com seus pensamentos e viu que realmente, a tolerância, o perdão, a paciência, o amor são palavras importantes e geram paz. 

Querida, além desse versículo acima, há outro do qual eu gosto muito e que fala ao meu coração quando sinto-me irritada ou nervosa. E que diz:Não permita que a ira domine depressa o seu espírito, pois a ira se aloja no íntimo dos tolos.”. (Eclesiastes 7:9). Eu não quero ser tola! Quero ter a sabedoria de Cristo para dominar qualquer situação difícil.

Lembre-se, não devemos dar continuidade à contenda, mas promover a paz. Tudo se ajeita, tudo é possível através da mensagem de Jesus. Vamos exercitar a calma e a tolerância?

Uma semana abençoada a todas,

Roberta

Soldados de Jesus

“Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou.” (2 Timóteo 2:4)

Você já deve ter ouvido falar dos pilotos camicases da segunda guerra mundial. Pois aqueles homens não morriam para dar maior glória ao imperador. Estavam dispostos a entregar a vida porque tinham convicção de que receberiam recompensas futuras, baseadas na forma como haviam morrido. Eles acreditavam neste sacrifício, tinham a plena convicção. Porém, nós cristãos, sabemos que apenas em Jesus Cristo e por Ele vale a nossa vida. Jesus Cristo foi o único líder a morrer antes, a voltar com o Espirito Santo, chamar a todos para segui-Lo e a viver sem temer a morte. Ele não nos cobra nada em vida, nenhum sacrifício de morte, mas apenas nos aconselha a viver segundo as Suas palavras para termos vida em abundância, felicidade, prosperidade, paz e unidade entre irmãos em Cristo. Isso não é lindo?

O nosso Senhor jamais nos impulsiona a uma atitude extrema, Não! Jesus nos chama para uma vida com propósito, dedicada ao evangelho. Observe o que Paulo fala em 2 Timóteo 2.4: “Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou.”

Os cristãos devem ter a consciência de que esta vida é uma preparação para o que teremos na eternidade. Temos a certeza de que Cristo vive, intercede por nós, e nos aguarda para um dia estarmos com Ele. Sejamos soldados do exército de Cristo, buscando viver conforme o que Ele prega. Não importa o tempo que temos por aqui, mas sim, o que teremos um dia no céu. A maior promessa de Cristo é a salvação!

Uma semana em Jesus a todas

Roberta

 

 

Deixe tudo com Ele

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais, Ele fará.” Salmos 37:5

Em alguns momentos da nossa vida alguém já nos falou desse versículo. Talvez, em um momento complicado e difícil, em uma situação de tristeza que vivenciamos. Mas como é difícil, não é mesmo? Confiar, entregar e não colocar as nossas mãos! Afinal, quando enfrentamos adversidades, nossa natureza nos impulsiona a tomar alguma decisão que pode ser a mais errada e causar problemas maiores. Na vida não temos domínio sobre tudo e é isso que gera tanta aflição. E mesmo crendo em Deus, há momentos em que optamos em dar uma “forcinha” a Ele. Desprezando a onipotência do Senhor!

Minha querida, nós precisamos confiar e entregar, não somos os donos da verdade, não temos o domínio de nada. Temos que aprender, como um exercício diário de fé, a entregar o nosso caminho a Deus. Não é fácil viver na dependência do nosso Pai, mas quando conseguimos, somos surpreendidas pelo Seu agir. Como Deus é bom! Como Ele faz infinitamente melhor! É no momento mais difícil que devemos parar e lembrar: somente entregando e confiando em Jesus iremos descobrir o que significa a certeza que “o mais Ele fará”.

Você nunca será a protagonista do filme da sua vida. Deus sempre será. Ele dirige e atua na sua vida, é o personagem central e principal. Você é usada por Ele, por isso, deixe-se levar, descanse, creia. Seu papel é confiar. Deus permite situações extremas para dizer: “Escuta, você vai continuar tentando fazer algo? Deixe essa situação comigo.”

Se você me perguntar se é possível viver uma vida de entrega e confiança em Deus, afirmo que SIM! Sabe qual será o resultado?  Desfrutar o melhor que Deus reservou para todo aquele que crê. Espera, confia e entrega por inteiro. Reconhecer a nossa total dependência e que somos limitadas como ser humano resultam no agir de Deus em nosso favor.

Rejeite essa ansiedade, despreze a dúvida, não aceite a voz do inimigo querendo te desanimar. Ao contrário, dobre o joelho e declare: “Deus, eu não sei mais o que fazer. Entrego tudo nas Suas poderosas mãos.”

O seu papel, agora, é apenas esperar. E agradecer.

 

A paz, Roberta