Diga não ao desânimo, você é filha do Rei!

Talvez você conheça alguém que passa por uma vida, lamuriando e se queixando da sorte. Nada, absolutamente nada dá certo para ela. Tudo o que Deus já fez não tem valor, parece que o Senhor sempre está em falta com ela, ou pior…que Jesus sempre entrega a benção pela metade. Eu conheço e posso garantir que não é nada bom estar ao lado de alguém que não encontra felicidade no dia a dia, acorda reclamando pela noite mal dormida, passa o dia se lamentando porque as pessoas têm e ela não tem, etc, etc.

Certa vez, ao ouvir um pregador, ele revelou que Deus não gosta de pessoas mal agradecidas e “reclamonas”. Ressaltou que ao estarmos desanimadas, devemos ter atitudes de ousadia. Porque o diabo sempre irá querer que você lembre das coisas ruins, detestáveis e desprezíveis que aconteceram, incluindo aqueles pecados que a gente não gosta nem de comentar. Reclamar e ter dó de você mesma não ajudará em absolutamente nada. Acredite nisso.

Amada, todas as vezes que o sentimento de desânimo roubar a sua disposição, vire o jogo! Comece a agradecer, a cantar louvores, a sorrir. Posso garantir que será um tratamento especial maravilhoso e que aquela angustia irá embora como um milagre. Lembre-se de que você é nova criatura e as coisas velhas já passaram. Você conhece a história do rei Saul? Sempre que ele era atingido por um espírito maligno, tomava uma atitude. Ele chamava Davi para tocar harpa, e com isso, afugentar o espírito que o perturbava. Por experiência própria, posso garantir que ao adorar e cantar para o Senhor, somos invadidas por uma paz inexplicável, uma sensação de aconchego, como se Deus falasse: “Pare com isso, não se sinta assim. Sou o Deus que levanta o abatido, dá forças, restaura, anima, cura. Sua alegria vem de mim, levante a cabeça, saia dessa cama, pare de chorar, tenha esperança, acredite no milagre que irei fazer”.

Conheci uma missionária que tinha lutas muito além do que eu imaginava. Mas ao conversar com ela, sentia uma paz incrível, porque essa pastora me passava animo, coragem, esperança. Mal eu sabia de suas lutas! Ela não reclamava, não desanimava e ainda por cima dava testemunho de fé em Jesus. E Deus realmente a honrou. Muitas vezes passamos por um deserto, desafios aparecem, mas com Cristo somos mais que vencedores. Afinal, é promessa Dele!

Quando você sentir que seu espírito começa a se abater, precisa tomar uma atitude imediatamente! Não esmoreça! Levante a cabeça, lembre-se de que você é filha do Rei, que as bênçãos estão reservadas, que o Senhor tem a vitória em todas as áreas, mesmo que demore aos nossos olhos. Lembre-se do Senhor e das boas coisas que Ele tem feito por você, e isso alimentará sua fé e fortalecerá seu espírito! Levante suas mãos em louvores e adoração. Satanás não pode derrotar um adorador.

Minha mãe costuma colocar louvores em casa e orar quando está só. Ela diz que isso alivia, afasta qualquer medo, traz aconchego, que é muito bom! Uma sensação indescritível. Comenta que há dias em que está na rua e sente uma necessidade incrível de voltar para a casa e estar a sós com Jesus. Creio que seja o Espirito Santo a incomodando para ter um tempo com ela.

Algumas situações precisam exatamente disso. É guerra espiritual. O diabo vem para atacar e encontra adoração ao Senhor. E o que o inimigo faz? Foge. Você já teve essa experiência? Pois tenha. Num momento difícil, quando não é encontrada uma solução, louve, adore, fala para o Senhor como Ele é grande, como Ele é Pai, Mestre, Medico, Amigo, Salvador, Redentor, Consumador da Fé, Leão da Tribo de Judá, Rei, Príncipe da Paz. Você terá resposta Dele mais cedo do que imagina.

Amada, você não tem que se desiludir da vida. Espante isso! Agarre-se na força de Deus e siga em frente. Dias ruins não duram para sempre. E o oásis no meio do deserto pode estar mais próximo do que você imagina.

Uma semana em Cristo,
Roberta

Salvar