Nossos anjos da guarda!

 

Quando eu era pequena, minha mãe costumava dizer, “filha, vá dormir com os anjos”, ou “que o anjo da guarda te proteja”. Sim, eu creio em anjos da guarda e sei que de muitas situações eles me livram.

Amada, eu sei que todos nós temos os anjos que nos dão direção e nos fazem atrasar em algumas situações para nos livrar de um problema, nos mostram um caminho, lutam por nós, nos protegem. Quando a Palavra de Deus diz que Ele dará ordens para nos cuidar, eu creio com todo o meu coração.

Quantas vezes, em algumas situações, não pensamos: “Foi um anjo do Senhor. Sim, Ele veio em forma de pessoas, mas é um anjo que me revelou o caminho, me livrou daquele acidente!”.
Recordo-me de uma pastora, contando que certa vez foi fazer missão num lugar distante, sem recursos, totalmente afastado de tudo. Num certo momento, o carro em que estava acabou tendo um problema mecânico e simplesmente parou! No meio do nada! Total escuridão! Ela pensou: “Como isso foi acontecer? Estou aqui porque Deus me enviou e agora, o que farei?”. Foi quando ela orou e em poucos minutos um homem, numa “Kombi”, apareceu do nada e a ajudou. E foi embora. Consertou o carro rapidamente e desapareceu. Quando ela se virou para agradecer, ele havia sumido.

Foi, sem dúvida, uma grande revelação do amor de Deus, de Seu cuidado extremo. Ela ainda conta, que ao chegar no seu destino, na residência das pessoas que iriam hospeda-la, ao descrever o acontecido, os donos da casa falaram: “Isso é impossível. Ninguém passa por aquele lugar naquele horário. E essa pessoa que você me descreve, não mora por aqui”! O que a fez crer mais ainda de que era mesmo um anjo na terra para ajudá-la.

Amada, muitas vezes um anjo vem em forma de uma pessoa. Sim, Deus levanta os Dele para trabalhar aqui na terra. Mas independente de como você ora e crê, saiba que os livramentos são dados quando o Senhor dá ordens para os anjos trabalharem ao nosso favor. Minha mãe costuma brincar que as crianças têm tantos livramentos, que os anjos ficam de língua de fora, de tanto correr, trabalhar e cuidar (risos).

Sei também de outra situação, quando amigos sofreram um acidente grave. Atrás, no banco do carro, estava o filho do casal. Com o acidente, a criança, amarrada na cadeira foi jogada para fora e encontrada intacta, sobre um monte de mato que amorteceu a queda. Nada, absolutamente nada aconteceu com aquele bebê. E isso não é a mão de Deus? Essa história me faz pensar que os anjos prepararam aquele monte de mato, feno, não sei exatamente o que seria…mas a minha crença vai além dos que os olhos podem ver, do que os homens podem fazer!

Eu creio que Jesus Cristo fica observando e delega seus anjos para nos ajudar e temos que ser agradecidas por isso!

Desejo que na semana você tenha dias guardados por Jesus e pelos seus anjos!

Roberta