Pacificadora

” A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos a derruba.” (Pv. 14.1.)

Quando eu leio o versículo acima, entendo como Salomão foi um homem sábio. Algumas pessoas até discordam, dizem que a missão é do marido e da esposa, juntos. Até concordo. Mas agora, casada, vejo como está nas nossas mãos a responsabilidade de manter um lar pacificador, tranquilo, em paz e harmonioso. É o que venho fazendo na minha casa, ao lado do homem que Deus preparou para mim. As mulheres são a coluna forte de um lar: mantemos a calma diante das adversidades e comemoramos as vitórias.

A sabedoria é uma qualidade da mulher, por isso temos emoções, sensações, geramos filhos, cuidamos de tantas coisas ao mesmo tempo. O homem também é sábio, porém, menos emocional e mais racional. Cabe a nós termos o controle das emoções. Um escritor francês J. Roberts, diz que “A verdadeira sabedoria não vem pela observação exterior, mas pela revelação interior”. E não é real?

Amada, essa sabedoria vem de Deus. Tenho acompanhado lares desfeitos, casamentos acabados, mulheres infelizes, homens traidores, filhos amargurados, porque faltou sabedoria de Deus no lar. Casamento não significa um mar de rosas. Temos problemas diários, mas a diferença está em saber como agir, e com Jesus, tudo sempre termina bem. Querida, irmã, ser sábia não é simplesmente escutar a voz de Deus, mas obedecê-la. Numa relação há três momentos: calar, falar… e falar no momento correto.

A mulher inteligente edifica, constrói, mantem, segura o lar. A mulher rixosa, brava, “reclamona”, que diminui o marido, desfaz das suas conquistas, sempre de olho na “grama do vizinho”, sem paciência com o marido e filhos, que não se contenta com nada, que ofende com palavras a família, desmerece os filhos, certamente acabará sozinha, sem amigos, sem marido, sem a companhia das pessoas. Ninguém consegue viver com uma mulher assim. Por isso, tenha a sabedoria que Jesus dá, seja uma mulher pacificadora, dobre os joelhos e peça a instrução de Deus. Casamento não tem manual de instrução, mas temos a leitura de Deus para nos ensinar.

E não me refiro apenas ao casamento, mas a todos relacionamentos: namoro, amizade, profissional! A mulher de Deus é inteligente, pois você tem a mente de Cristo (1Co 2.16). Há momentos no relacionamento que não sabemos como agir, são duras batalhas que enfrentamos, então descanse na promessa de Deus, apenas ore para Ele dar o caminho correto e as palavras sábias.

Ele fará isso por você e pelo seu relacionamento. Use a sabedoria que Deus tem para você!

 

A paz, Roberta