Tempo de mudança em Cristo

Amada, todas nós temos temperamentos diferentes, uma visão do mundo diversificada, pensamentos e sentimentos que podem ser antagônicos. Ninguém nessa vida é igual à outra pessoa. Até gêmeos idênticos fisicamente, podem pensar diferente sobre o mesmo tema. Deus nos fez únicas e ponto final. E, apesar de nos convertermos, vamos continuar com marcas do nosso caráter (que ao longo da vida pode ser melhorado e lapidado) e temperamento único. Com certeza você convive com pessoas muito diferentes de você. Até na sua família há parentes com gênios esquentados, outros tranquilos demais, aqueles julgadores o tempo todo, os conhecidos “professores de Deus”, aquelas pessoas que não se manifestam por nada no mundo. Amada, é gente complicada, gente calma, gente de todo jeito. O problema é que nós, sempre nos julgamos as melhores e as mais corretas, mas não somos. Porém, Deus nos ensina que pode nos modificar e trabalhar o nosso interior. Você sabia disso? Deus tem um objetivo conosco: quer trabalhar em nós para que possamos servir ao Senhor e sermos exemplo Dele aqui na terra.

Amada, a igreja do Senhor Jesus tem sido cenário de muitos problemas e principalmente de pecados que podemos evitar. Qual a razão de julgarmos tanto um irmão? Qual a razão de continuarmos praticando algo errado quando Deus já nos avisou que é pecado? Qual o motivo de continuarmos com raiva e antipatia daquele irmão que se senta ao nosso lado nos cultos aos domingos?

Amada, a vida é muito curta para guardar mágoas e comentar da vida das pessoas, perder tempo falando de quem, num certo momento da vida, nos ofendeu. Precisamos aprender a ignorar algumas coisas, porque é assim que Jesus Cristo faria. E temos que pedir ajuda ao Senhor para mudarmos. A insubmissão faz mal porque assim, as pessoas nunca mudam, não se curvam e continuam patinando, sem sair do lugar.

Imagine que você seja um soldado do exército de Cristo. E totalmente insubmisso. Quem irá para batalha com você? Ninguém! Você irá guerrear sempre sozinho e a derrota será certa. Temos que nos consertar e fazer o melhor. Fazer exatamente aquilo que Jesus faria. Amparando os fracos, aconselhando da forma correta, perdoando, estendendo a mão, não julgando, não desistindo da nova mudança que o Senhor opera em todo aquele que busca a conversão. Aceite a mudança, faça o melhor, mesmo que pelo seu temperamento, seja algo difícil. Faça por Jesus. A recompensa virá e você terá felicidade plena!

Uma semana na paz do Senhor,

Roberta