Vamos deixar Deus ser Deus

 

Todos os dias nos deparamos com notícias julgadoras e pretensiosas. As pessoas estão perdendo a noção de que não podem ditar as suas próprias regras e simplesmente fazer com que todos aceitem. Não entendo como as pessoas pré-julgam, sentenciam e simplesmente condenam através do ponto de vista delas. Como cristã, tenho meus valores e sempre me baseio na Palavra de Deus, mas se alguém ou algo é contra ou pensa diferente, não brigo por isso, não acuso, não julgo, apenas me dou o direito de continuar defendendo o meu ponto de vista e respeitando o ponto de vista do outro.

Amada, quem nos convence de algo errado não é a força, mas é Deus. Quantas coisas na minha vida eu julgava correto e hoje interpreto de forma totalmente inversa. O Espírito Santo me convenceu disso, de forma tranquila e pacificadora. No meu local de trabalho, recebo alunas de várias partes do mundo, inclusive, várias com outras crenças. Mas não discutimos sobre isso, todas são recebidas com amor, respeito e dedicação. Quando observo pessoas levantando bandeiras e querendo que outras engulam ideias, penso que não conhecem a Deus verdadeiramente. Tudo pela força é condenável. Preconceito é algo inaceitável. Muitas pessoas não retornam às igrejas porque são discriminadas. E com certeza, isso fere o coração de Jesus que é amor genuíno, prega a Palavra de forma clara: ame o seu próximo, plante harmonia, distribua carinho e tolerância.

Amada, todas as vezes que algo vai contra os meus princípios e regras, posso me manifestar, mas de forma carinhosa e prudente. Sem ofensas. Se algo numa pessoa me incomoda, aprendi a orar por ela, e Deus tem feito maravilhas nesse sentido. Falo ao Senhor que esse problema é Dele e que apenas Ele tem as armas e as estratégias corretas para corrigir. E assim Ele tem feito.

Lembre-se que todos nós somos pecadores e que o julgamento é Dele. Nosso papel enquanto estamos aqui, é segui-Lo e fazer parte do exército de Cristo. Jesus sempre nos alerta que a maior defesa da fé cristã é o amor. Através desse amor, provamos aos outros que somos seus discípulos e fazemos a diferença. Creio que Deus pode nos usar para alcançar vidas e todos aqueles que não conhecem o Evangelho. Nós sabemos que o Evangelho transforma vidas, mas há pessoas que não sabem. Por isso, todo amor e paciência com elas é importante. Impor o Evangelho de forma bruta é incorreto e acaba nos afastando das pessoas que amamos. Vamos entregar essa tarefa a Deus e apenas interceder por elas. Sabe qual a certeza do cristão? Que tudo aquilo que não conseguimos, Deus agirá por nós. E essa certeza nos alivia, nos acrescenta e fortalece.

Vamos deixar Deus ser Deus!

A paz, Roberta